Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

 

Apanhei, por acaso, este Damned United a passar num desses canais de filmes. Com um bom cast e com a temática do futebol fiquei agarrado e, em boa hora o fiz. Conta a história do mítico técnico inglês Brian Clough no tempo em que se mudou para o Leeds United, potência da altura e...falhou. Antes disso, tinha conhecido a glória no modesto Derby County e depois venceria a Champions League, duas vezes, com o modesto Nottingham Forest mas, aqui o que mais interessa é a personalidade de Clough, superiormente interpretado por Michael Sheen (um dos melhores atores da actualidade que estrela Masters of Sex após aparições em sucessos como a saga Twilight, Tron ou Meia Noite em Paris). Clough era uma espécie de Mourinho, consciente da sua qualidade e sem medo de a atirar à cara dos outros, mais vezes do que devia. No período retratado começa por ser o treinador do Derby, então na terceira divisão e sobe até à primeira onde é campeão. Mas a sua motivação é derrotar e superar Don Revie, treinador do Leeds que vencera o campeonato com um futebol feio e, mais do que isso, não o cumprimentou num jogo, ignorando-o e ferindo para sempre a sua sensibilidade. Com um bom elenco (tem ainda Timothy Spall ou Stephen Graham, pesos-pesados do cinema inglês) e uma fotografia de grande qualidade, este é um filme a ver. Por apaixonados por futebol e, pelos outros.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.