Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

  Stranger Things chegou ao Netflix português. E que gloriosa que é esta nova série. Nela, mergulhamos nos anos 80 e numa pequena cidade norte-americana, da qual o pequeno Will Byers desapareceu, sem deixar rasto. Em busca dele lança-se toda a cidade. Os três amigos nerds dele - Mike, Duncan e Lucas; a mãe, a enlouquecer de (...)
  Penny Dreadful leva-nos à Londres Vitoriana, época que muito aprecio. Mas leva-nos mais fundo. Até um mundo de espíritos, monstros e escuridão. E para combater tais perigos temos um curioso quarteto: um explorador rico; uma médium; um pistoleiro e um médico com gosto por experiências algo macabras. O ricalhaço é Sir (...)
A nova etapa de uma série de culto tinha todos os ingredientes para ser arrebatadora. Mas não o é. Os diferentes contextos geográficos ofereciam um pano de fundo capaz de superar a já de si qualitativa versão original, mas os desempenhos são tremendamente fracos e as soluções dos casos sucedem-se demasiado depressa e sem qualquer profundidade psicológica dos criminosos, como nos habituámos a ver. Uma tremenda desilusão. 
Algures no Séc. IX, Uhtred procura o seu lugar na Inglaterra, então dividida em vários reinos, todo sob ataque dinamarquês. Nascido um nobre saxão, vê o seu pai ser morto por vikings e é como guerreiro dinamarquês, filho adotivo de Ragnar, que cresce e vê a sua vida. O seu pequeno reino, que deveria ter herdado do pai, é agora pertença do tio (...)
    Estamos em 1919 em Birmingham, Reino Unido, poucos meses após o fim da I Guerra Mundial. Thomas Shelby (o inigualável Cillian Murphy), olhado e tratado com reverência nas ruas, foi e voltou da guerra, com medalhas e com ela – a guerra – ainda dentro de si. Lugares comuns à parte voltou mas ficou ainda nas trincheiras francesas. Para além (...)
  O Nextflix chegou a Portugal. É certo e sabido que o streaming tomou conta do entretenimento e que cd´s e dvd´s são objetos do passado. Hoje em dia, nada se guarda em estantes (bem, os livros resistem e parecem estar a vencer os ebooks após um período de hesitação a que eu próprio cedi), tudo se ouve e vê de passagem. Com a música (...)
Phil (o genial Will Forte de SNL e de Nebraska) está sozinho no mundo. Nós, meros espetadores, sabemos apenas que um virús ter sido mortal para quase toda a espécie humana. Ele, figura central da comédia The Last Man on Earth, não sabe muito mais e parece pouco importar-se. Como tira-teimas, pega numa (...)