Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

 Umas das melhores opções lisboetas para comer bom sushi a um preço variado é o Arigato Campo Pequeno. Apesar de ter um considerável tamanho, está sempre cheio e a marcação é essencial. Depois, um fantástico buffett com sushi fresco e muito variado. Para compor, há pratos cozinhados como gyozas ou alguns fritos. Imperdível.
08 Out, 2014

U Chiado

Em pesquisa na internet, escolheu-se este U Chiado para o brunch num dia especial. Fica ali na Rua Duques de Bragança e soma pontos assim que se entra porta dentro. A decoração é mesmo o melhor da experiência. O brunch custa 16 euros e, mesmo contemplando o sumo de laranja natural, não inclui as águas. O pão é bom, o croissant igualmente (...)
03 Out, 2014

Rubro

    Situado na Praça do Campo Pequeno (há muito boas razões para lá ir, que não as touradas) fica este simpático Rubro, de inspiração espanhola. O ideal é ir com amigos e pedir vários pratos para "picar". Primeiro, há sempre bom azeite. Pena que o pão que nos trazem para o molhar, não esteja à altura. Mas, adiante. Há uma bela seleção de cogumelos; de revueltos (os com espargos ganham aos outros) e, claro, as tradicionais batatas bravas carregadas de molhos. Tudo (...)
25 Set, 2014

À Parte

    Ali para os lados do Saldanha, fica uma casa transformada em restaurante. Está sempre à pinha e vale pela bonita decoração. Parece a casa de uma avó requintada. A comida essa, é agradável mas não deslumbra. Comeu-se um risotto de perdiz com farinheira e grelos, no ponto, mas algo pesado para a noite (erro do comensál). Provou-se, um esparguete, al dente, com (...)
    Ontem jantou-se no Cantinho do Avillez. Espaço giro e acolhedor. Começou-se com os óptimos peixinhos da horta, estaladiços como poucos. Continuou-se com fantásticas empadinhas de pato. Havia, ainda, doce de tomate e azeitonas com limão para entreter. De seguida, as famosas lascas de bacalhau, adornadas com as mais famosas azeitonas explosivas. Prato que merece a (...)
09 Ago, 2014

À Margem

    Em Belém, perto do Hotel Altis e a três passos do Padrão dos Descobrimento, fica o simpático À Margem, local ideal para uma refeição leve ou para uma bebida na esplanada. O serviço é rápido e simpático e pode-se lanchar-se, almoçar ou jantar, tostas, saladas ou petiscos, enquanto se bebem originais sumos naturais. Para o fim, o melhor. As sobremesas, (...)
17 Jul, 2014

Cais da Pedra

          Situado em Santa Apolónia, em frente da estação e na rua do Lux ou da pizzaria Casanova (já nem falo do Bica do Sapato), o Cais da Pedra é o restaurante de hambúrgueres do chef Sá Pessoa. A ementa é chamativa, as empregadas bonitas e (...)
10 Jan, 2014

Medeia

  Nos dias que correm, parece que cada esquina de Lisboa tem um novo restaurantes de hambúrgueres. Estão na moda, mesmo que muitos sejam banais. Um que frequento há anos e anos e nunca desilude, pela quantidade, qualidade e boa relação qualidade/preço é o Medeia, no Monumental, ali no Saldanha, mesmo ao lado das bilheteiras do cinema. Há poucas coisas que me (...)
02 Jan, 2014

A Cartuxinha

  Comer bem e barato parece tarefa difícil, ainda para mais quando se fala da noite da passagem de ano. Mas, ali na Mouraria (Rua das Farinhas, n.º 7) conseguiu-se comer muito e bem por menos de 13 euros sendo que cada prato (cerca de 6 euros) com um arroz à parte daria para duas pessoas. Comeu-se sobremesa e beberam-se cervejas, vinho e sangria. Trata-se de um pequeno resturante com comida de São Tomé e Príncipe e empregados amáveis e prontos a esclarecer dúvidas culturais. A (...)