Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

09 Mar, 2016

Soneto Quarto

Eclesiastes

«Ó mundo, que és o exílio dos exílios

— Cruz e Souza

E tudo se esvai, sem canto ou resposta,
Neste fim de caminho ante as escarpas.
Ali adormecem as águas, cansadas,
Entre fé e corações de quem se gosta.
Só fúria, fúria, fúria, fúria, fúria
Engasgada nas horas, entre os passos
Que largos ao fim se vão. Que abraços
Esperar dessa terra, céu de espúria
Imensidão, só chaga e não? Os sonhos,
Quantos sonhos caídos, sem vitórias,
Como ânsias de irmãos ainda estranhos?
Assim te quer — Oh! Sim, resto e homem —,
O Mundo: sempre fraco, todo glória,
Corpo vazio, sem carne, sem nome.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.