Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

 

150616-news-penny-dreadful.jpg

Penny Dreadful leva-nos à Londres Vitoriana, época que muito aprecio. Mas leva-nos mais fundo. Até um mundo de espíritos, monstros e escuridão. E para combater tais perigos temos um curioso quarteto: um explorador rico; uma médium; um pistoleiro e um médico com gosto por experiências algo macabras. O ricalhaço é Sir Malcolm (Timothy Dalton, em tempos James Bond); a tal médium, bastante sofrida é Vanessa Ives (a bela Eva Green, amplamente conhecida); o pistoleiro é Ethan Chandler (o mais ou menos esquecido Josh Hartnett) e o médico é Victor Frankenstein (Harry Treadaway), esse mesmo, criador do famoso monstro. Com um ambiente pesado e soturno e sem medo de abusar do sangue e do sexo, Penny Dreadful é uma série viciante que se transforma num desfile de personagens clássicas como Dorian Gray, Van Helsing, vampiros ou lobisomens. Mas, nem sei bem como, esta mistura funciona. E muitíssimo bem!