Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

O filme do Carpe Diem e do "Oh captain, my captain", vencedor do óscar de 1990 para melhor roteiro original, é um poderoso, comovente e marcante drama sobre os dilemas da adolescência, num colégio conservador e fabricador de advogados e médicos, em particular do jovem Neil Perry, amedrontado e condicionado pelos projetos do seu pai, que o condenam e impedem de viver o sonho de ser ator, que se vê obrigado a recorrer ao último grito de revolta: o suicídio. Este é também um filme sobre as possibilidades educacionais que eleva o papel do professor além das fronteiras escolares e das salas de aula. John Keating (Robin Williams) é o professor que rompe as amarras e cria laços, levando os seus alunos e a nós que fixámos o olhar marinado no ecrã, ao mundo da literatura, da busca romântica dos impossíveis, e a desejarmos que todos os nossos professores fossem como ele. Um intemporal e estrondoso filme.