Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

Braveheart é um dos filmes da minha vida por três razões: é um filme poderoso e genialmente dirigido (pesem os erros históricos grosseiros), tem por narrativa um dos mais fundamentais valores da vida humana e que muito prezo: a liberdade, e por fim porque se passa num país que desde criança desejei visitar e que quando visitei não quis abandonar: a Escócia. 

Liberdade, autodeterminação dos povos, identitária cultural, revolta, paisagens assombrosas e os marcantes momentos cinematográficos do discurso de incitamento à guerra e do grito pela liberdade a meio à tortura.