Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

Schindler´s List é um projeto de Steven Spielberg depois de O Tubarão (1975); Encontros Imediatos do 3.º Grau (1977); Os Salteadores da Arca Perdida (1981) E.T. (1982); Os Goonies (1984); Regresso ao Futuro (1985, 1989 e 1990) ou Império do Sol (1987). Nele, e antes de O Resgate do Soldado Ryan (1998), debruça-se sobre o horror da II Guerra Mundial, centrando-se em Oscar Schindler, dono de uma fábrica na Polónia, que salvou largas centenas de judeus dos campos de concentração nazis. Será o retrato mais brutal do Holocausto, estrelado por nomes maiores do cinema como Liam Nesson, Ralph Fiennes ou Ben Kingsley. A cena em que a Amon Goeth mata um judeu, a partir do seu quarto, como desporto, fica nos anais do cinema, tal como aquela em que o mesmo personagem, mata uma arquitecta judia, antes de ordenar que determinada construção fosse feita como ela sugerira.