Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

18 Jan, 2016

O Escultor (2015)

 

tumblr_noo3cmnCiz1qbp4fzo1_1280.jpg

 O momento em que David conhece Meg.

 

David Smith ainda não chegou aos 30 anos e já se acha um falhado. Escultor, vive longe dos seus melhores dias, após ter gozado de alguma fama. Sem dinheiro ou grande inspiração, nós, leitores, vamos encontra-lo deprimido num bar, a beber cerveja no dia dos seus anos. Eis se não quando, junta-se-lhe o seu tio Harry, que não via há muito.

Descobrimos depois que os pais e irmã já morreram e que David está sozinho no mundo, tendo apenas um amigo em Ollie, amigo de infância que trabalha também no ramo da arte. Com um cenário tão solitário, o tio Harry é muito bem-vindo. Mas, o familiar não é quem parece ser. Trata-se afinal d`A Morte, que lhe propõe um negócio: ele, David, pode esculpir o que quiser a partir de qualquer material em que as suas mãos toquem, podendo assim procurar deixar uma marca no mundo. Em troca, só tem mais 200 dias de vida. David aceita.

Acompanhamos então David nesses seus últimos 200 dias, onde, a espaços, cria as suas mais belas esculturas mas onde se apaixona por Meg, levando a que a sua partida seja muito mais difícil.

Uma das melhores graphic novels de 2015, por Scott Mccloud. Imperdível.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.