Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

19 Jan, 2015

Marco Polo (2014)

 

marco-polo-tv-review-netflix.jpg

 Marco Polo foi um aventureiro comerciante veneziano que conheceu a cultura mongol como nenhum outro na sua época. A nova superprodução Netflix, uma das mais caras de sempre, oferece uma versão mais colorida e livre das aventuras do jovem italiano. Aqui Polo é deixado na corte pelo pai em troca de um livre-trânsito para fazer negócio na Rota da Seda.

Inteligente e com uma visão única da realidade, o jovem torna-se numa peça-chave na política de Kublai Khan, neto do grande Gengis e soberano mongol, à beira de conquistar a China. "Relata o que vês, da forma como o vês" é a forma como o "Khan dos Khans" se dirige, com frequência, ao "Latino". É a sua visão europeia que Khan procura, pelo menos até perceber que Polo é, afinal, um dos seus mais inteligentes subditos, superando até, em estratégia e análise política, o próprio filho e herdeiro - Jingam.

 

Com intriga, sexo, batalhas e um rol de personagens interessantes muito à Game of Thrones; cenários e coreografias à O Tigre e o Dragão, este Marco Polo é uma das boas surpresas da época.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.