Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

 

 

Há filmes que sabemos ser prevísiveis e pouco profundos mas não queremos deixar de ver. É o caso de Má Vizinhança. Mac (Seth Rogen) e a bela Kelly (Rose Byrne) são um casal, nos trinta, que deixaram para trás a vida de borga e são um casal respeitável, donos de uma vivenda e pais de um bebé. Essa tranquilidade a roçar o aborrecimento é quebrada quando para a porta ao lado se muda uma fraternidade liderada por Teddy (Zac Efron). Tentando ser cool, o casal torna-se amigo dos jovens vizinhos, permitindo-se até a algumas festas bem regadas e fumadas mas, quando o barulho e as festas loucas se tornam no prato do dia, ameaçando o sono da bebé, o casal traça um plano maquiavélico para expulsar esta má vizinhança. Destaca-se a química entre Rogen e Byrne; o registo habitual mas eficaz de Rogen e o belo papel de Efron. Tudo é previsível mas que tem piada, tem.