Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

Geraldine Brooks oferece-nos uma trama histórica, entre tempos, em torno de um manuscrito judaico que sobrevive a guerras, viajantes longínquas, dramas humanos, à Inquisição, que une Austrália, Itália, Áustria e a Sérvia. Inspirado na história verídica do Haggadah de Sarajevo, um livro judaico com acabamentos católicos, facto que contraria o mandamento judaico de não reproduzir o sagrado. As razões para estranho facto levam Hanna Heath numa corrida alucinante até à Idade Média, numa estrada sinuosa por países e momentos diferentes da história humana, como a Guerra da Bósnia, com as obrigatórias narrativas de amores e desamores.