Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

 

Harry (Colin Firth) é um homem bondoso que está farto de ser enxovalhado pelo patrão, o rico e presunçoso Lionel (Alan Rickman). Para se vingar, Harry, conhecedor de arte, planeia roubar o patrão naquilo que mais lhe doi: a sua coleção de obras de arte. E conta com a ajuda de PJ Puznowski (Cameron Diaz), uma divertida texana, que Martin leva para Londres. Apesar de pobre, a família de PJ, teria em sua posse um famoso quadro de Monet, supostamente recuperado pelo seu avô das garras nazis na II Guerra Mundial. O quadro, como Harry bem sabe, é a jóia que Lionel procura para completar a sua coleção. Harry, com a ajuda de PJ, quer vender um quadro falso por 12 milhões de libras. Mas, nem tudo corre como previsto. Nem Lionel se deixa manipular facilmente, nem a texana é tão parola e boa a acatar ordens como o inglês previa.