Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

Há uns anos tive a oportunidade de ver este filme baseado na obra de Stephen King The Body, sem ter fixado o nome. Um destes dias, no acaso de uma manhã, encontrei-o no canal Hollywood. Trata-se de uma história poderosa sobre a adolescência na romântico-depressiva América profunda dos anos de 1950 e a aventura de um grupo de jovens em busca do corpo de um rapaz desaparecido. Mais do que a busca por um corpo é um encontro com os seus medos, angústias, expectativas. Detalhes de um tempo que marcam as identidades e fabricam as memórias de um narrador que nunca saiu daquele Verão e que tem, forçamente, de o contar. 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.