Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

 

 

Cinderella Man conta a história verídica do pugilista Jim J. Braddock, herói americano dos anos 30. Interpretado por Russel Crowe, Braddock, conhecido como Cinderella Man pelas suas origens humildes, era um lutador de boxe quase reformado e longe da melhor forma quando, na época da grande depressão passava por grandes dificuldades financeiras, trabalhando nas docas para conseguir pagar o aquecimento e comida para si, mulher e três filhos. Nem sempre o conseguia. A salvação surgiu quando o amigo Joe Gould, ele próprio a atravessar grande dificuldades, lhe conseguiu um combate de destaque que lhe valeria 250 dólares. A expetativa era que Braddock perdesse mas, venceu, com classe. Foi o início do regresso da estrela que, culminaria na conquista do título de campeão do mundo, contra Max Baer, mais novo e supostamente mais forte, num dos combates mais marcantes da história do boxe mundial. Uma grande interpretação e uma história que inspirou a América deprimida dos anos 30.