Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

21h30 cinema Nós Amoreiras. Antestreia d'A Viagem dos Cem Passos. Sala composta e com uma maioria hindu a condizer com os propósitos de uma comédia com todos os aromas e temperos da culinária hindu. A Viagem dos Cem Passos lembra-nos A Gaiola Dourada, ao colocar em palco francês os matizes de um povo emigrado, com as suas peculiaridades, os seus temperos e costumes, ao mesmo tempo que toca no problema do racismo, na beleza da paisagem e no requinte da culinária gaulesas. As aventuras de uma família em exílio numa aldeia francesa e a emergência de um chef inesperado, com um toque de humor e nostalgia, que nos recorda que a comida é também ela uma viagem intensa e uma excelente ponte intercultural. Uma história de amor entre a paisagem e a cozinha, entre a beira do rio e os talheres, uma guerra entre o caril e os molhos franceses, com uma boa fotografia. Vale a pena.