Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

22 Ago, 2014

A Lancheira (2013)

 

Em Bombaim, na Índia, os trabalhadores recebem os seus almoços em lancheiras, vindas de casa e distribuidas por empresas que só existem para o efeito. Tal atividade, só se justificará pela necessidade de dar emprego à numerosa população da cidade.

Em Bombaim, Saajan, um homem víuvo à beira da reforma, recebe uma lancheira que contém uma deliciosa refeição. Estranha tamanha qualidade, já que encomenda a sua comida num modesto e duvidoso restaurante, e só no dia seguinte, voltando a receber a mesma lancheira, percebe que se tratou de um engano. As refeições são feitas por Ila, uma esposa esforçada que todos os dias se tenta superar de modo a agradar ao marido e a reacender a paixão perdida. E, mesmo sabendo do erro, continua a cozinhar para um estranho, porque este se mostra agradecido e agradado com a comida que recebe. Começa então uma troca de bilhetes que tem a lancheira como forma de comunicação. Começa então uma bonita e platónica relação.

1 comentário

Comentar post