Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

03 Set, 2013

O segundo livro

 

 

Harry Quebert é professor universitário e um escritor de sucesso. Respeitado por toda a América, é com surpresa que se descobre, no seu jardim, o corpo de Nola, desaparecida em 1975. Junto ao corpo está enterrrado o manuscrito de As Origens do Mal, segundo romance de Harry que atingira sucesso por toda a América. A admiração por aquele homem, simpático e respeitado por todos, cai por terra e, aos olhos do seu país, o grande Quebert é um assassino, prestes a ser condenado à morte.

 

Nada melhora quando confessa ter tido um caso com Nola, então com 15 anos, quando ele tinha mais de 30 e que, de facto, escreveu As Origens do Mal para ela. Quase ninguém acredita na sua inocência. Um dos poucos, é Marcus, seu ex-aluno e atual amigo. Vivendo na crise de ideiais depois do sucesso da sua obra de estreia, procura o apoio do mestre e amigo mas, acaba a prestar apoio ele próprio.

 

Se "A verdade sobre o caso Harry Quebert" fosse só a história do desaparecimento e assassinato de Nola já seria muito bom pois, estaria repleto de boas personagens à volta de uma boa história, mas Joel Dicker, suíço de 29 anos, faz neste seu segundo livro, uma análise às dores dos escritores e dos seus processos criativos, tornando a leitura deste seu livro, viciante, deliciosa e surpreendente.