Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

11 Set, 2013

9-11

Passam hoje 12 anos sobre o 11 de setembro de 2001. Todos nós, que vemos televisão, lemos livros e jornais e que andamos de avião, pelo menos uma vez desde essa altura, sabemos que esse acontecimento mudou o mundo. E se mudou o mundo, mudou também a cultura, sobretudo a americana que se consume aos quilos. Nos filmes e séries, os vilões russos deram lugar a fundamentalistas islâmicos. Veja-se o caso da aclamada série 24 ou, mais recentemente o de Segurança Nacional, onde o protagonista é ele próprio um terrorista em potência.

 

Sobre o atentado em si, o filme mais conhecido será World Trade Center, com Nicolas Cage na pele de um polícia que vive o atentado. O controverso Michael Moore realizou um dos seus documentários sobre o caso, Fahrenheit 9-11 e existe, ainda, o artístico esforço 11'09'11 no qual 11 realizadores são chamados a dar a sua visão. Procurando no IMDB por 9-11 facilmente se encontram mais exemplos.

 

Extremamente interessantes são os filmes que retratam como o atento mudou a vida dos familiares das vítimas. O caso mais conhecido é o fantástico Extremamente alto, incrivelmente perto com Tom Hanks e Sandra Bullock. Em nome da amizade com Don Cheadle e um sério e fantástico Adam Sandler é outro destes casos.

 

A guerra contra o terrorismo que se se seguiu aos atentos deu também bons filmes. Uns, no palco da ação como Hurt Locker, outros no pós como No Vale de Elah com Tommy Lee Jones e Charlize Theron.

 

Há ainda outros, entre os quais os meus favoritos sobre o tema, em que o mesmo é retrato de forma bem mais subtil como o fantástico Alguns dias em setembro com Juliette Binoche e John Turturro.