Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

30 Dez, 2016

Passageiros (2016)

 

Num futuro não muito distante, uma nave viaja para um planeta por habitar. Lá dentro, estão 5.000 pessoas que vão colonizar o novo mundo. A viagem dura 120 anos, nos quais os colonos devem estar em sono profundo. O problema é que, 90 anos, antes da chegada ao destino, Jim (Chris Pratt), acorda. O mecânico, em busca de um mundo onde seja relevante, vê-se sozinho numa nave, tendo como única companhia, Arthur (Michael Sheen), um androide barman, que lhe serve bebidas e companhia. Depois de uma boa parte do filme de Last Men on Earth meets The Martian meets Moon , Jim cai em tentação e arranja companhia à força. Apaixonado pela ideia de Aurora (Jennifer Lawrence), o solitário homem acorda-a, avariando a sua cápsula. Perdida, Aurora não se quer render ao destino de morrer na viagem e começa a procurar soluções, ao mesmo tempo que se apaixona irremediavelmente por Jim. Até que mais uma cápsula se avaria, a do capitão Gus (Lawrence Fihsburne) e o trio percebe que a viagem pode ser encurtada rapidamente. Um bom exercício de ficção cientifica com humor e uma história de amor pelo meio. E claro, Lawrence em grande forma. 

"Monstros fantásticos e onde encontrá-los" é um filme que calha bem com a época natalícia, para quem estava habituado à saga Harry Potter e sentia falta de um filme de fantasia. Não se pode tomar esta por uma fita arrebatadora. Vale pelo cenário de uma NY da década de 1920, em que a magia entra no mundo dos Muggles e nos deixa entre Harry Potter e Midnight in Paris. As mais de duas horas de filme voam, e isso diz tudo.