Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Voo do Colibri

«O Colibri não é apenas um pássaro qualquer, o seu coração bate 1200 vezes por minuto, bate as suas asas 80 vezes por segundo, se parassem as suas asas de bater, estaria morto em menos de 10 segundos. Não é um pássaro vulgar, é um milagre.»

19 Jan, 2016

A Visita (2015)

1728a37d_32_xxxlarge_2x.jpg

Night Shyamalan começou a sua carreira em grande com O Sexto Sentido (1999), O Protegido (2000), Sinais (2002) ou A Vila (2004). Depois, perdeu gás. A Senhora da Água (2006) ainda era interessante mas O Acontecimento (2008), O Último Airbender (2010) ou Depois da Terra (2013), nem isso. O único produto de qualidade a que o seu nome esteve ligado nos últimos 11 anos foi Wayward Pines, série de suspense que produziu que realizou num dos episódios.

Tudo isto para dizer que em A Visita (2015) nada melhora. Shyamalan conta uma história pouco sólida, sem grandes surpresas nem desenvolvimentos dignos de um mestre do suspense como ele foi e pode voltar a ser. Dois miúdos, Tyler e Becca, vão passar uma semana a casa dos avós. A mãe, que fugira de casa em adolescente, não mais quer ver os pais e manda os petizes sozinhos para lhes dar a oportunidade de conhecerem as suas raízes. Mas, aparentemente simpáticos, os dois idosos começam a revelar comportamentos estranhos, principalmente durante a noite…