Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Até que o fim do mundo nos separe

por Francisco Chaveiro Reis, em 24.09.13

O mundo está prestes a acabar. Dentro de semanas, um asteróide vai colidir com a Terra e a vida humana será extinta. É neste cenário que vive Dodge (Steve Carell) que vê a sua mulher desaparecer assim que sabe a notícia. Descobre que ela tem um amante e que deve ser com ele que passará os dias do fim. Enquanto isso, continua a enfrentar o trânsito a ir trabalhar uns dias, mesmo com o fim dos tempos a aproximar-se. Só muda o seu dia a dia quando Penny (Keira Knightley) entra na sua vida. Chorosa por não conseguir ir até à sua Inglaterra natal despedir-se dos pais, Penny começa a apegar-se a Dodge que promete leva-la ao outro lado do oceano. Ele, entrantanto, quer encontrar a sua namorada de liceu. Claro está que nasce uma história de amor, desta vez, com um contexto original. A ver.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pronto para recomeçar

por Francisco Chaveiro Reis, em 23.09.13
 

Nick (Will Ferrell) é um homem de sucesso, com um bom emprego, uma casa grande e cara e com um casamento que pensa ser feliz. Um dia tudo muda. É despedido e, quando chega a casa, as suas coisas estão no relvado, a porta fechada e a mulher deixara-o. Nick, alcólico, passa a viver no seu relvado, entre os seus objetos e bebendo até adormecer. É aí que uma simpática vizinha (Rebecca Hall) e um miúdo do bairro lhe dão a mão e o fazem regressar ao mundo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Asterix no cinema

por Francisco Chaveiro Reis, em 23.09.13

 

Ontem num canal de cinema deu um ciclo dedicado aos filmes de Asterix. As aventuras de Asterix e Obelix dispensam apresentações e, sem surpresa, chegaram ao cinema para alegria dos seus milhões de fans. A fórmula é sempre a mesma e tem resultado: um ou mais atores europeus de topo; umas beldades e muito humor. A isto junta-se uma boa  fotografia, bons efeitos e boa montagem. Tecnicamente, é do melhor que se faz na Europa. Em termos de conteúdo, são filmes para toda a família, sendo duas horas divertidas e bem passadas.

Atores - Gerard Depardieu, um dos melhores atores franceses de sempre, aceita ser Asterix desde 1999 e é ele que estrela a saga. Christian Clavier foi Asterix em 1999 e 2002, sendo substituído por Clovis Cornillac em 2008 e por Edouard Baer em 2012. Em 1999, Asterix & Obelix contra César contou com Roberto Begnini. Em 2002, Jamel Debbouze e Alain Chabat (as caras são mais conhecidas do que os nomes); em 2008, Alain Deloin, Benoit Poelvoorde e, no ano passado, Catherine Denouve ou Fabrice Luchini.

Beldades - A cada ano, o novo Asterix traz beldades apenas comparáveis às Bond Girls. Em 1999, Laetitia Casta; em 2002, Monica Bellucci; em 2008, Vanessa Hessler (na imagem) e em 2012, Charlotte Lebon.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

9-11

por Francisco Chaveiro Reis, em 11.09.13

Passam hoje 12 anos sobre o 11 de setembro de 2001. Todos nós, que vemos televisão, lemos livros e jornais e que andamos de avião, pelo menos uma vez desde essa altura, sabemos que esse acontecimento mudou o mundo. E se mudou o mundo, mudou também a cultura, sobretudo a americana que se consume aos quilos. Nos filmes e séries, os vilões russos deram lugar a fundamentalistas islâmicos. Veja-se o caso da aclamada série 24 ou, mais recentemente o de Segurança Nacional, onde o protagonista é ele próprio um terrorista em potência.

 

Sobre o atentado em si, o filme mais conhecido será World Trade Center, com Nicolas Cage na pele de um polícia que vive o atentado. O controverso Michael Moore realizou um dos seus documentários sobre o caso, Fahrenheit 9-11 e existe, ainda, o artístico esforço 11'09'11 no qual 11 realizadores são chamados a dar a sua visão. Procurando no IMDB por 9-11 facilmente se encontram mais exemplos.

 

Extremamente interessantes são os filmes que retratam como o atento mudou a vida dos familiares das vítimas. O caso mais conhecido é o fantástico Extremamente alto, incrivelmente perto com Tom Hanks e Sandra Bullock. Em nome da amizade com Don Cheadle e um sério e fantástico Adam Sandler é outro destes casos.

 

A guerra contra o terrorismo que se se seguiu aos atentos deu também bons filmes. Uns, no palco da ação como Hurt Locker, outros no pós como No Vale de Elah com Tommy Lee Jones e Charlize Theron.

 

Há ainda outros, entre os quais os meus favoritos sobre o tema, em que o mesmo é retrato de forma bem mais subtil como o fantástico Alguns dias em setembro com Juliette Binoche e John Turturro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Hesher esteve aqui

por Francisco Chaveiro Reis, em 10.09.13

O versátil Joseph Gordon-Levitt (A Origem, Batman ou há mais tempo, Terceiro Calhau a contar do Sol) volta a surpreender com Hesher esteve aqui. TJ é um miúdo, vítima de bulliyng e a sofrer com a perda recente da mãe. Vive com a avó e com o pai deprimido. Um dia dá de caras com Hesher, uma estranha figura, com tatuagens, cabelo comprido e com pouca vontade de usar roupa. Hesher que só faz o que lhe apetece, muda-se para a casa de TJ começa a transformar a sua vida, graças ao seu comportamento imprevísivel. Ainda temos Natalie Portman como caixa de supermercado que também ajuda TJ neste momento difícil. Um filme de loucos mas com muita ternura à mistura.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A Fraude

por Francisco Chaveiro Reis, em 09.09.13

Robert (R. Gere)  é um empresário afamado que se prepara para vender a sua empresa, conseguindo assim, pagar as suas dívidas e ficar com algum dinheiro. O problema é que ninguém sabe que a sua empresa, lucrativa durante anos, esconde um buraco de 400 milhões de euros, disfarçado para que os compradores o não entendam a tempo. Quando Robert vai ter com Julie (belíssima L. Casta, "desaparecida" do circuito mais comercial desde Asterix & Obelix contra César de 1999), sua amante, e ambos saem para um passeio tudo piora na vida do milionáro. Gere sofre um acidente que vitima Julie e foge do local pedindo ajuda a um amigo. Ser ligado ao acidente, estragaria o negócio e parece não haver nada mais importante para o magnata do que aquele negócio. Num corrida contra o tempo, Robert tenta afastar as suspeitas de fraude que vêm da sua filha Brooke (interessante Brit Marling) e de homícidio que vêm do desconfiado detetive Bryer (o grande Tim Roth) enquanto tenta aparentar calma à mulher (Susan Sarandon). Um belo thriller.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Um ano de cão

por Francisco Chaveiro Reis, em 09.09.13

 

 

 

Bela surpresa esta fita que conta a história verídica de Jon Katz e do seu cão Devon. Katz, jornalista e escritor de sucesso, vê-se a braços com o terrível síndrome da folha em branco, acabando por se afastar da família e do mundo em geral. Dono de dois cães e amante dos mesmos, acaba por adotar um cão que se mostra um desafio. Maltratado pelo anterior dono, Devon revela-se num grande problema, fugindo com frequência. Mas Katz não desiste dele e deixa tudo para trás, mudando-se para uma casa de província onde tenta domesticar o seu cão e regressar à escrita.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Looper

por Francisco Chaveiro Reis, em 04.09.13

Em 2074, quando os criminosos querem fazer desaparecer alguém, mandam-no para o passado, 30 anos antes, e os loopers matam-nos e fazem o corpo desaparecer. Chega a altura em que, os loopers são confrontados com as suas versões mais velhas, tendo que as matar. A partir daí, reformam-se e têm trinta anos de vida pela frente.

 

Joseph Gordon-Levitt é Joe, looper que tem como missão matar a sua versão mais velha – Brruce Willis. Falha. Old Joe, tem sede de vingança de quem o mandou para o passado para ser morto e tenta evitar esse destino.

 

Pese embora o bom elenco, que tem ainda Paulo Dano, Emily Blunt ou Jeff Daniels, o filme é previsível e, a espaços, chato. Uma boa ideia com má execução.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Da noite para o dia

por Francisco Chaveiro Reis, em 03.09.13



Benoît Poelvoorde é um grande ator francês, que já vimos em Coco Avant Channel, Asterix nos Jogos Olímpicos ou Românticos Anónimos. No outro dia, a fazer zapping, dei de caras com Da noite para o dia, de 2006. Na fita, o ator francês é François, um homem a quem tudo corre mal. A máquina de café explode-lhe na cara todos os dias, o patrão não gosta dele, almoça sozinho e, quando chega a casa, o cão do vizinho ladra, os outros vizinhos fazem amor ruidosamente e a pizza que come todos os dias traz sempre ovo, ao qual é alérgico.

 

Um dia, sem saber porquê, tudo muda. François bebe café sem problemas, é promovido, começa a almoçar com uma rapariga atraente que mete convers com ele, o cão morre, os vizinhos começam a ter problemas conjugais e o ovo desaparece. E, mais importante, a mulher, que o deixara, volta a apaixonar-se.

 

Mas François não sabe como lidar com tanta felicidade...

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.



BLOGOSFERA

LETRA - A


Antropocoiso

A FORMA E O CONTEÚDO

Aventar

[a barriga de um arquitecto]

às nove no meu blogue

Autores e Livros

Aspirina B

ABC do PPM

A barbearia do senhor Luís

A Natureza do Mal

Arcebispo de Cantuária

A Arte da Fuga

Ativismo de Sofá

o Avesso do Avesso

A Terceira Noite

A B S O R T O

Água Lisa

Arcadia

avatares de um desejo

A Causa Foi Modificada

 

LETRA - B


BLASFÉMIAS

Banco Corrido.

Bicho Carpinteiro

Bibliotecário de Babel

...bl-g- -x-st-

blogue dos marretas

cinco dias

Câmara de Comuns

Corta-fitas

Causa Nossa

Clube das Repúblicas Mortas

Cadeirão Voltaire

Córtex Frontal

Cibertúlia

CHARQUINHO

classepolitica

Cartas de Política

 

LETRA - D


Delito de Opinião

Diário Ateísta

Da Literatura

Direito & Economia

Da Rússia

 

LETRA - E


Entre as brumas da memória

Esquerda Republicana

Estado Sentido

 

LETRA - H


hoje há conquilhas, amanhã

Homem Urbano

Horas Extraordinárias

 

LETRA - I


irmão lúcia

INDÚSTRIAS CULTURAIS

(in)Transmissível

 

LETRA - J


jugular

 

LETRA - L


lusofolia

Ladrões de Bicicletas

Livros de Areia Editores

LER

 

LETRA - M


Minoria relativa

 

LETRA - N


Não sei o quê, um blog

noite americana

Nostalgia Futura/a>

 

LETRA - O


O MacGuffin

O Insurgente

O JUMENTO

o Avesso do Avesso

O que fica do que passa

Ortografia do olhar

o silêncio dos livros

 

LETRA - P


portugal dos pequeninos

Pedro Rolo Duarte

 

LETRA - S


sorumbático

segunda língua

 

LETRA - T


Tantos Livros Tão Pouco Tempo

 

LETRA - V


Venice is Not Sinking

 

LETRA - 1,2,3


31 da Armada

25 centímetros de neve



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D