Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mentes Criminosas: Sem Fronteiras

por João Ferreira Dias, em 14.04.16

A nova etapa de uma série de culto tinha todos os ingredientes para ser arrebatadora. Mas não o é. Os diferentes contextos geográficos ofereciam um pano de fundo capaz de superar a já de si qualitativa versão original, mas os desempenhos são tremendamente fracos e as soluções dos casos sucedem-se demasiado depressa e sem qualquer profundidade psicológica dos criminosos, como nos habituámos a ver. Uma tremenda desilusão. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

GoT

por Francisco Chaveiro Reis, em 06.06.14


Poucas séries terão a mesma capacidade de Game of Thrones de surpreender e de chocar. Violenta, a série tem, com frequência cenas e momentos que alteram tudo. Uma máxima parece ser determinante: ninguém está a salvo. Os heróis podem cair com tanta facilidade como os vilões e esse será um dos grandes encantos da série. Logo na primeira série, um dos lobos gigantes é morto para espanto de todos. Poucos episódios depois, é a vez de Ed Stark ser decapitado. Mas, o choque maior surgiu na terceira série com o célebre Casamento Sangrento no qual a mulher, filho e nora de Stark são assassinados. Já nesta quarta temporada, o temível Joffrey é envenenado. Mas, o choque maior veio ao nono episódio. Em Westeros, nada é garantido. Milhões e milhões de espetadores aguardam os próximos choques.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Melhor do que Falecer

por João Ferreira Dias, em 18.04.14

Assisti ao programa de estreia e ao programa de ontem. Sou um apreciador de Ricardo Araújo Pereira, em particular da sua participação no Governo Sombra, onde o humor e o sentido crítico se juntam de forma irresistível. Ora foi com alguma esperança que comecei a ver "Melhor do que Falecer", com alguma esperança que houvesse por ali o mesmo sentido crítico face à realidade. A verdade é que o programa foi uma absoluta desilusão. Os textos são fracos e nem a qualidade de RAP chega para fazer deste um programa a ver. Um mau investimento financeiro da TVi e do tempo de RAP.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Broen/Bron

por João Ferreira Dias, em 05.04.14

Produção sueco-dinamarquesa cuja ação decorre entre os dois países, conta-nos a investigação de Martin Rohde e Saga Norén sobre uma série de assassinatos que mexem com a fundação das duas sociedades, os problemas sociais e o interesse policial em função das origens sociais das vítimas. Como toda a produção nórdica, Broen/Bron é de narrativa significativamente lenta mas com uma fotografia forte, com um sentido de realismo vincado e uma atenção aos aspetos psicológicos das personagens, de uma forma profunda que as produções americanas não conseguem alvejar. Ver esta série é um déjà vu da literatura de Mons Kallentoft e Camilla Lackberg.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ripper Street

por João Ferreira Dias, em 01.04.14

Com um elenco de qualidade, com um cenário que reconstitui a Londres de finais do séc. XIX de forma extraordinária, esta série com o cunho BBC merece todo o destaque e recomendações. Seis meses após o último homicídio de Jack the Ripper, Whitechapel de 1889, é policiada pela divisão H da polícia londrina, com uma equipa peculiar composta por um determinado Detetive-Inspetor Edmund Reid, um Detetive-Sargento Bennet Drake traumatizado pela guerra e um alcoólico cirurgião do exército americano e antigo agente da Pinkerton, Homer Jackson. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cinema por acaso: The Straight Story

por João Ferreira Dias, em 04.02.14

Uma História Simples (1999), realizado por David Lynch, é uma comovente e simples narrativa, baseada em factos verídicos, sobre a viagem de um homem de 73 anos ao encontro do seu irmão gravemente doente, usando como locomoção um cortador de relva. São 500 km em 6 semanas, em torno de fantasmas do passado, de encontro consigo mesmo, de etnografia da América rural e perdida no tempo, e com uma fotografia de grande qualidade. A prova de que a história mais simples, filmada da forma mais singela, é capaz de produzir cinema de qualidade. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Desaparecido na Índia

por João Ferreira Dias, em 29.01.14

O canal Hollywood permite-nos rever velhos filmes que nos marcam ou encontrar pérolas desconhecidas. Este Outsourced, de 2006, coloca-nos no coração da globalização e do capitalismo, em que as empresas centradas unicamente no lucro desterritorializam as suas fábricas ou escritórios para mercados emergentes, pagando salários baixíssimos e usufruindo de uma mão-de-obra empenhada. O mercado indiano atrai as empresas de call center e são precisamente essas as retratadas nesta história que traça um roteiro pela Índia e pelos seus costumes para além do olhar filtrado do turismo, e que obriga um americano em busca da ocidentalização dos locais a inverter o processo e a indianizar-se a reboque de um inesperado amor e de um espírito hospitaleiro que o toca e o atrai. Recomenda-se.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Bilbo em HD

por Francisco Chaveiro Reis, em 28.10.13

 

Há cerca de um ano vi, com entusiasmo, O Hobbit, parte 1 e, claro, fiquei maravilhado pelas aventuras de Bilbo Baggins. Um pacato hobbit vê-se desafiado pelo mago Gandalf para ingressar numa jornada que levará à recuperação da honra e da cidade dos anões, outrora um grande e próspero povo. Baggins deixa o conforto do lar e dorme ao relento, come o que há e enfrenta ogres, orcs e muitos perigos escondidos. Ver estas horas de fantasia em HD, é algo que conforta a alma.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Like Crazy

por Francisco Chaveiro Reis, em 21.10.13

Uma jovem estudante britânica apaixona-se por um estudante americano, quando ambos vivem em Los Angeles. Anna (Felicity Jones) torna-se inseparável de Jacob (Anton Yelchin) e acaba por violar o seu visto de estudante, ficando ilegal nos EUA e sendo expulsa. O amor tenta resistir à distância e à burocracia mas as tentações são muitas. Um interessante exercício de melancolia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Perception

por João Ferreira Dias, em 16.10.13

O Dr. Daniel Pierce é neuropsiquiatra, professor universitário e esquizofrénico. Um cocktail de emoções racionalizadas. A juntar a isto é consultor do FBI em variados casos, auxiliando a sua ex-aluna Kate Moretti. Pelo meio os seus episódios esquizofrénicos vão afastando-o da realidade e ao mesmo tempo ajudando-o a resolver os casos. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados



BLOGOSFERA

LETRA - A


Antropocoiso

A FORMA E O CONTEÚDO

Aventar

[a barriga de um arquitecto]

às nove no meu blogue

Autores e Livros

Aspirina B

ABC do PPM

A barbearia do senhor Luís

A Natureza do Mal

Arcebispo de Cantuária

A Arte da Fuga

Ativismo de Sofá

o Avesso do Avesso

A Terceira Noite

A B S O R T O

Água Lisa

Arcadia

avatares de um desejo

A Causa Foi Modificada

 

LETRA - B


BLASFÉMIAS

Banco Corrido.

Bicho Carpinteiro

Bibliotecário de Babel

...bl-g- -x-st-

blogue dos marretas

cinco dias

Câmara de Comuns

Corta-fitas

Causa Nossa

Clube das Repúblicas Mortas

Cadeirão Voltaire

Córtex Frontal

Cibertúlia

CHARQUINHO

classepolitica

Cartas de Política

 

LETRA - D


Delito de Opinião

Diário Ateísta

Da Literatura

Direito & Economia

Da Rússia

 

LETRA - E


Entre as brumas da memória

Esquerda Republicana

Estado Sentido

 

LETRA - H


hoje há conquilhas, amanhã

Homem Urbano

Horas Extraordinárias

 

LETRA - I


irmão lúcia

INDÚSTRIAS CULTURAIS

(in)Transmissível

 

LETRA - J


jugular

 

LETRA - L


lusofolia

Ladrões de Bicicletas

Livros de Areia Editores

LER

 

LETRA - M


Minoria relativa

 

LETRA - N


Não sei o quê, um blog

noite americana

Nostalgia Futura/a>

 

LETRA - O


O MacGuffin

O Insurgente

O JUMENTO

o Avesso do Avesso

O que fica do que passa

Ortografia do olhar

o silêncio dos livros

 

LETRA - P


portugal dos pequeninos

Pedro Rolo Duarte

 

LETRA - S


sorumbático

segunda língua

 

LETRA - T


Tantos Livros Tão Pouco Tempo

 

LETRA - V


Venice is Not Sinking

 

LETRA - 1,2,3


31 da Armada

25 centímetros de neve



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D